HELP FILE

Como resolver problemas de acesso não supervisionado no macOS Mojave (10.14), Catalina (10.15) e Big Sur (11.0)

As versões do macOS a partir do Mojave (10.14) e Catalina (10.15) têm novos recursos de segurança que exigem permissões adicionais para usar o conjunto completo de recursos do GoToAssist Remote Support v5. Isso apresenta um desafio para usar o acesso não supervisionado em dispositivos afetados. Se o acesso não supervisionado não for configurado durante uma sessão de suporte supervisionado (com implantação em massa, pré-implantação, etc.), o cliente (usuário final) não está presente no computador no momento da configuração para fornecer as permissões de segurança necessárias. Portanto, acontece o seguinte: O computador aparece na lista Dispositivos no Console do agente e o ícone de acesso não supervisionado é exibido no menu Aplicativo do computador, mas a conexão com esse computador falha.

Atenção: o layout do seu produto é diferente? Talvez você precise de informações sobre o GoToAssist Remote Support v4. Clique AQUI.

Solução paliativa

Para que o acesso não supervisionado funcione, o cliente precisa estar presente no computador para fornecer as permissões de acessibilidade e/ou gravação de tela necessárias. Para isso, escolha uma das soluções a seguir:

  • Inicie uma sessão de suporte supervisionado (sempre é necessária a presença e participação ativa do cliente).
  • Inicie uma sessão de suporte não supervisionado, mas o cliente deve estar presente no computador durante a primeira sessão não supervisionada.

Quando o fluxo de solicitação de permissão do macOS for iniciado no dispositivo do cliente, peça para ele conceder as permissões de privacidade necessárias, conforme descrito no artigo relacionado:

Após as permissões de privacidade serem concedidas conforme exigido pela Apple, todas as futuras conexões de acesso não supervisionado deverão ser feitas com êxito sem a presença do cliente.